Se o Temer cair, quem assume? Entenda o que pode acontecer a partir de agora…

O atual escândalo envolvendo o presidente Michel Temer abalou totalmente a estrutura do governo, de modo que ele perderá grande parte do apoio que possui no Congresso e certamente será moralmente linchado pela opinião pública e pela imprensa. Mas, em que isso tudo pode resultar?

Existem basicamente quatro possibilidades, algumas mais prováveis e outras mais remotas. A mais provável de todas é que Temer, diante da pressão popular e também do Congresso, acabe por renunciar ao cargo. Outra hipótese é um processo de impeachment. Porém, como sabemos, o processo em si é demasiadamente longo, pode levar muitos meses até que o resultado chegue.

Há, ainda, a possibilidade não tão descartável de que o presidente seja cassado pela Justiça, mas para isso as provas contra ele deverão ser incontestáveis. Por mim, o mais improvável, Temer pode sobreviver a tudo isso e terminar seu mandato.

Nas três primeiras hipóteses, temos o seguinte quadro: Temer cai e precisará ser substituído. Quem irá substituí-lo?

Uma vez que não há vice-presidente, quem assumirá o posto interinamente é o presidente da Câmara, atualmente Rodrigo Maia. Mas há um detalhe aí. De acordo com a nossa legislação, se presidente e vice são depostos do cargo antes de concluir o segundo ano de mandato, é aberta uma nova eleição direta para o povo escolher outro presidente. Só que Michel Temer já está em seu terceiro ano de mandato. O que diz a lei sobre isso?

A lei diz que, neste caso, a eleição para escolher o novo presidente é indireta, ou seja, o Congresso escolherá alguém, que não precisa necessariamente ser um político, para ocupar o cargo, bastando apenas ser maios de 35 anos e estar filiado a algum partido. No entanto, a lei não é muito clara quanto ao rito, e isso gera desconforto.

Caso ocorra uma eleição indireta, as possibilidades hoje são inúmeras. Ainda não dá nem para ter uma vaga ideia de quem substituiria Temer. Porém, já existe uma quantidade considerável de pessoas caindo no logro da extrema-esquerda e exigindo eleições diretas, o que na prática só beneficia ainda mais criminosos como Lula que ainda não estão devidamente condenados.

Uma eleição direta agora, com o clamor popular e a indignação do momento, resultaria em uma tragédia ainda maior para o país.

Anúncios

5 comentários sobre “Se o Temer cair, quem assume? Entenda o que pode acontecer a partir de agora…

  1. Rodrigo Maia tem processo acho que todos da bancada do Temer são corruptos não salva ninguém tem que colocar Miltante porquê no congresso tem muitos corruptos Fernando Henrique Cardoso Sarney Serra Temer Rennar Carneiro Aeciio Neves Moreira Franco Senadores Deputados Ministros governadores mudança já

  2. Ainda bem que o bom senso os alerta para o perigo maior: A esquerda está como piranhas famintas a espera de que caia em suas água qualquer peixe que libere a volta do PT ao poder.

Deixe uma resposta