Defesa de Lula insiste em atacar o judiciário e pretende recorrer novamente a ONU

A defesa do ex-presidente Lula pretende voltar à ONU nesta semana para atacar o judiciário e apresentar documentos ao Comitê de Direitos Humanos da ONU, segundo informa o Estadão.

A intenção é reforçar a narrativa petista, de que Lula é uma vítima e os processos que ele enfrenta não atendem ao estado democrático de direito.

Advertisements
Anúncios

3 comentários sobre “Defesa de Lula insiste em atacar o judiciário e pretende recorrer novamente a ONU

  1. Não esqueçam de ir a ORA também, muitas vezes tem mais agilidade, o estado de direitos humanos está totalmente ameaçado pé um judiciário corrupto, vendido…

      1. Indignados estamos nós com estes facistas do MBL, até quando vai usar o dinheiro público contra nós povo??? Vao trabalhar pegar no pezado, e parem de lamber botas deste tucano partidário a serviço da CIA…

Deixe uma resposta