Delator Barusco se estrepa e vai ter de devolver mais de R$ 90 milhões

O delator Pedro Barusco, ex-gerente da Petrobras, terá de devolver todo o dinheiro que obteve de propinas de contratos da Sete Brasil com estaleiros, e o bônus que recebeu por ter sido dirigente da empresa. A estimativa é que os valores corrigidos girem em torno de 90 milhões de reais. Com informações da Veja.

A juíza Maria da Penha Nobre Mauro rejeitou os argumentos da defesa que alegavam que “há confissão”, visto que em sua delação premiada Barusco relatou o esquema de propinas na Sete Brasil, criada para gerenciar a compra de sondas para o pré-sal.

Barusco alegou já ter devolvido o dinheiro à Petrobras, no âmbito de seu acordo de delação com o Ministério Público Federal, firmado em 2014. Na época, restituiu à estatal 97 milhões de dólares, equivalente a 253 milhões de reais.Mas a juíza avaliou que essa é uma questão entre ele e a Petrobras, que não tem relação com a Sete Brasil.

Advertisements
Anúncios

Um comentário sobre “Delator Barusco se estrepa e vai ter de devolver mais de R$ 90 milhões

Deixe uma resposta