Odebrecht fará novas delações sobre Lula; novas informações sobre Atibaia e Taiguara já foram cedidas

O clima de pânico volta a pairar sobre o PT e seus líderes máximos, pois Emilio Odebrecht, seu filho Marcelo e o ex-dietor de relações instituticionais, Alexandrino Alencar, voltam a depor para a força-tarefa da Lava Jato, conforme a Folha.

Os três foram convocados para dar mais detalhes em assuntos referentes a investigações envolvendo Lula. Emilio e Alexandrino viajaram a 15 dias para Curitiba para conversar com os procuradores. Marcelo segue na cadeia.

Eles foram dar mais detalhes sobre a reforma do sítio em Atibaia (SP). Eles também complementaram depoimentos feitos sobre a contratação pela Odebrecht da empresa Exergia Brasil, de Taiguara Rodrigues dos Antos, sobrinho da primeira mulher de Lula.

Marcelo contou que Lula criou a Exergia sem experiência na área de construção e somente para fazer uso de sua influência.

 

Anúncios

Deixe uma resposta