Nova operaçao da PF mira BNDES e coloca Palocci no olho do furacão; vontade de delatar reaparece

O site O Antagonista confirmou com fontes da PF que a Operação Bullish investiga a atuação de Antonio Palocci no BNDES para beneficiar a JBS com empréstimos bilionários.

“Os aportes, realizados a partir de junho de 2007, tinham como objetivo a aquisição de empresas também do ramo de frigoríficos no valor total de R$ 8,1 bilhões. Realizadas após a contratação de empresa de consultoria ligada a um parlamentar à época, as operações de desembolso dos recursos públicos tiveram tramitação recorde. Além disso, essas transações foram executadas sem a exigência de garantias e com a dispensa indevida de prêmio contratualmente previsto, gerando um prejuízo de aproximadamente R$ 1,2 bilhão aos cofres públicos.”

PF nas ruas.

A operação “investiga fraudes e irregularidades em aportes concedidos pelo BNDES a uma grande empresa do ramo de proteína animal”.

A operação Bullish mira no BNDES e na JBS, que recebeu 8,1 bilhões de reais do banco estatal para comprar companhias no exterior e se tornar uma gigante no setor de carnes. Em troca, o BNDES se tornou sócio da empresa.

A PF investiga, em particular, a compra da americana Swift Food, realizada em julho de 2007. Segundo relatório do TCU, o BNDES adquiriu ações da JBS com ágio muito acima da média de mercado, levando a uma perda de 69,7 milhões de reais.

Joesley Batista, da JBS, é alvo de condução coercitiva na Operação Bullish. O Estadão informa que o mandado ainda não foi cumprido porque ele está no exterior.

Anúncios

Um comentário sobre “Nova operaçao da PF mira BNDES e coloca Palocci no olho do furacão; vontade de delatar reaparece

Deixe uma resposta