Lula retoma o esperneio e denuncia Moro ao CNJ; a alegação é cômica

Lula denunciou o juiz Sergio Moro ao Conselho Nacional de Justiça. Na petição, segundo O Globo, a defesa do cacique petista pediu providências sobre a decisão de Moro de proibir a gravação independente do interrogatório de quarta-feira.

A alegação é patética, já que Moro em nenhum momento tinha qualquer obrigação de ceder a esta exigência. Simplesmente não há o menor aparato jurídico para a denúncia feita contra o juiz. Trata-se, é claro, de mais uma chicana de Lula.

Anúncios

6 comentários sobre “Lula retoma o esperneio e denuncia Moro ao CNJ; a alegação é cômica

  1. Esses advogados do Lula são muito ruins. Deviam agora estar cuidando para que ele ganhasse um pouco de simpatia e que parece pelo menos humilde. Todo mundo sabe que ele vai receber uma pena alta e que não vai cumpri-la toda na prisão. Vai passar um tempinho lá e depois vão relaxando. Ele podia pelo menos sair com um pouco de dignidade mas se depender desses advogados dele vai esperneando e gritando como uma puta velha que não recebeu pela foda!

  2. O que precisa é colocar esses bandidos Corruptos na cadeia o mais breve possível , não aguentamos mais essa farsa. Chega de blá blá blá …. Ouvir o LULA mentir é insuportável!!!!!

  3. Esses advogados de Lula, pagos não sabemos como, haja vista o patrimônio declarado do Larápio ser ínfimo, já devem estar sem argumentos e de saco cheio!

Deixe uma resposta