“Quem está sendo julgado aqui é um estilo de governar”, diz Lula a Sérgio Moro

Em seu depoimento ao juiz Sérgio Moro, o ex-presidente Lula se exaltou diante de uma pergunta sobre a Refinaria de Abreu e Lima, e disse que “quem está sendo julgado é o estilo de governar”, não o caso do tríplex no Guarujá.

“Desde que foi criado o contexto, da caçamba feita pelo Ministério Público, na questão do Power Point, quem está sendo julgado é o estilo de governar, é um jeito de governar. Se as pessoas que estão fazendo essa denúncia querem saber como se governa, ela têm que sair do Ministério Público, entrar num partido político, disputar as eleições, ganhar para eles saberem como é que se governa”, disse Lula.

 Lula fez tal afirmação quando Moro questionou Lula sobre o contexto em que a Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, foi planejada durante o governo do petista. Uma clara tentativa do ex-presidente de fugir da pergunta.

O juiz deixou Lula falar. Lula continuou: “O que interessa saber ao Ministério Público se eu fui em uma inauguração de terraplanagem? Era a coisa mais extraordinária para esse País fazer a primeira refinaria depois de 30 anos, doutor”.

Após a fala de Lula, Sérgio Moro argumentou diante da afirmação, acabando com a narrativa vitimista do ex-presidente. “Vamos colocar assim, de maneira clara. O que não está em julgamento aqui é exatamente seu governo. São questões específicas da acusação.”

Anúncios

Deixe uma resposta