Contra selvageria de milícias, Moro pede apoio da cidadania civilizada

Em habeas corpus no Tribunal Regional Federal da 4.ª Região, defesa do ex-presidente alega que não dispõe de tempo para examinar 100 mil páginas de documentos que a Petrobrás anexou aos autos; se Corte federal acolher pedido, até o interrogatório do ex-presidente, marcado para esta quarta, 10, será adiado.

“O Brasil está numa encruzilhada”, afirmou Moro. “Tem dois caminhos a seguir. Voltar atrás, como se nada tivesse acontecido, ou seguir em frente. Daí precisa realmente de apoio da cidadania civilizada. ”

O texto é do blog de Edgar Lisboa.

Anúncios

Deixe uma resposta