Contratação de escravos por governo Dilma aconteceu por que Cuba não tinha como pagar ao BNDES

O financiamento do BNDES ao governo cubano sempre ficou mal explicado.  Para aprovar o primeiro financiamento de US$ 682 milhões (R$ 2,1 bilhões), tiveram de ser quebradas as principais regras do BNDES, que costumava não abrir mão de garantia sólida, exigindo até o aval de outros bancos.

Tudo isso foi abandonado no caso do empréstimo ao Porto de Mariel. Quem garantiu o financiamento foi o próprio governo brasileiro, através do Ministério da Fazenda, gerido à época por Guido Mantega. As informações são do Tribuna da Internet.

Ninguém era doido de dar garantias a esse financiamento. Quando o financiamento virou um escândalo, Luciano Coutinho, então presidente do BNDES, foi depor no Congresso. Ele havia dito que a própria Odebrecht garantira a operação. Mas era mentira, que foi descoberta quando faltou dinheiro para terminar a obra e o BNDES fez um aditivo, elevando a dívida para R$ 840 milhões, cobrando juros um pouco maiores (6,91% ao ano), mas ainda abaixo da inflação.

Como o governo cubano não tinha condições de pagar ao BNDES, surgiu o programa Mais Médicos, criado em julho de 2013, a pretexto de suprir a carência de médicos nos municípios do interior e nas periferias das grandes cidades. O motivo principal era enviar recursos em dólares ao regime cubano, através da escravização de sua mão-de-obra nativa.

Até o momento, o BNDES alega não haver atraso no pagamento, mas isso se deve ao fato de o Brasil continuar ajudando financeiramente o governo de Raúl Castro, e a versão brasileira do Mais Médicos se tornou um dos mais rentáveis programas de exportação de Cuba.

Advertisements
Anúncios

4 comentários sobre “Contratação de escravos por governo Dilma aconteceu por que Cuba não tinha como pagar ao BNDES

  1. Mas que poderes tem este homem para prender alum brasileiro . Quem e acha que é. Tudo está de patas para o ar em nosso Brasil? ?:.

  2. Lula esta acima de todos os.poderes brasileiros.jamais sera preso.vai se candidatar a presidente e vai ganhar infelizmente e vai ficsr com foro privilegiado.depois esse povo que vai colocar de novo na presidencia vai tirar ele quando for a cx e nao tiver o bolsa familia pois vai faltar o dinheiro.mas esse povo merece isso e vai pagar caro.por isso

Deixe uma resposta