Blog petista (DCM) sugere que petistas vão sair atirando nos cidadãos se Desarmamento for revogado

Por Maurício Leme

Hoje já vimos um texto que o blogueiro Kiko Nogueira escreveu para o Diário do Centro do Mundo dizendo que petistas podem ir para a violência e o assassinato por causa de cartazes.

Agora, para o mesmo blog, Mauro Donato sugere que se o Estado do Desarmamento for derrubado e as armas liberadas para os cidadãos que quiserem exercer o diteiro de se armarem, os petistas vão cometer violência.

Leia:

Façamos então um exercício imaginativo dessa tal ‘liberdade’ [: E se os imigrantes palestinos agredidos pela turma do Direita São Paulo tivessem fuzis para se defender? E se José Dirceu sacasse uma pistola, baixasse o vidro do carro e abrisse fogo contra as pessoas que invadiram a garagem de seu prédio em sua chegada após sair da prisão? Ou ainda se o pobre Samir Ali Sati, morador de rua, apontasse uma arma para a cabeça o agente da Guarda-Civil Metropolitana ao perceber que seria covardemente agredido? Tudo bem, certo? Tudo legítima defesa.E que tal se, no próximo dia 10, as caravanas pró e contra Lula que estarão em frente ao prédio onde o petista prestará depoimento a Moro fossem repletas de gente armada? Coisa linda, hein?

É muita cara de pau, mas vamos explicar direitinho. Se um imigrante palestino não gosta de uma manifestação e decide atirar, cometerá um crime. Se Dirceu decidisse atirar em manifestantes, cometerá um crime. Se petistas decidirem matar manifestantes em favor da Lava Jato, cometerão crimes.

A culpa desses crimes não seria das armas, mas das mentes podres por trás desses crimes.

Boa sorte na próxima tentativa, Donato, pois nesta você se deu mal e seu argumento se voltou contra você.

Anúncios

10 comentários sobre “Blog petista (DCM) sugere que petistas vão sair atirando nos cidadãos se Desarmamento for revogado

    1. Foi isto mesmo o que vc disse. O autor do texto do DCM não defende a violência. O que ele diz, na verdade, é que os movimentos apoiados pelos defensores de Sérgio Moro costumam defender o porte de armas e, portanto, os que são atacados por eles também poderiam portar armas e haveria uma guerra com armas de fogo de um lado e outro. O autor, ao contrário, do texto ora analisado, não defende isto.

      1. Defender porte de armas, seria pra protegerem-se de bandidos, todos devidamente armados e superiores aos armamentos usados pela polícia. Nada tem a ver com politica, como erroneamente querem fazer crer. Caso isso acontecesse, obvio q seria um crime.

  1. Petista é uma raça de desgraçado , quadrilha manipuladora pensa em tudo …

    Eles sim merecem ficar na ponta do fuzil .

    SAO OS VERDADEIROS FACISTAS

  2. Parece que as pessoas perdem seu lado racional e por isso só conseguem defender aqueles que se colocam no seu lado ideológico, sem o menor equilíbro, se utilizando pra isso de argumentos falaciosos e até mesmo cínicos. Pessoal, vamos reler, sem ódio, sem unilateralidade, o texto transcrito por Maurício Leme. Quem sabe, assim, possamos chegar a conclusões melhores, pra todos nós. Abraço!!!!!!!!

  3. Independentemene de quaisquer ergumentos pro ou contra o uso de armas por parte de civis, parece extreme de dúvidas que armas representam, inequivocamente, a mão contrária à evolução da raça humana.

Deixe uma resposta