Revelações de Renato Duque envergonham aqueles que soltaram José Dirceu

O Supremo Tribunal Federal, aquele que deveria zelar pela Constituição, resolveu soltar o criminoso condenado José Dirceu, ex-ministro petista, e o Brasil assistiu a tudo isso atordoado. Foi um dos mais duros golpes sofridos pela Operação Lava-Jato, e ele veio de onde ninguém esperava.

Que deputados e senadores como Roberto Requião queiram dificultar a vida da força-tarefa já é de se esperar. É exatamente o que a população imagina que vá acontecer. Contudo, o golpe dado pelo Supremo foi doloroso.

Dirceu é condenado em três processos, dois deles pela Lava Jato. O total da soma de suas sentenças ultrapassa 32 anos, o que mesmo na mordomia dos presídios brasileiros ainda o manteria na cadeia por pelo menos cinco anos. Ignorando tudo isso, a 2ª turma do STF decidiu liberá-lo da prisão preventiva em vez de fazer cumprir a condenação.

Que país é esse?

Na mesma semana, assistimos a mais revelações feitas por Renato Duque, o ex-diretor da Petrobrás que trouxe novas informações acerca do envolvimento explícito do PT na corrupção dentro da estatal. Aliás, não falamos apenas de uma corrupção normal, mas de algo na casa dos bilhões com a finalidade de financiar ditaduras dentro e fora do Brasil.

Duque corroborou exatamente o que foi dito por Leo Pinheiro, Marcelo e Emílio Odebrecht, dentre outros tantos delatores que já deram seus depoimentos para a força-tarefa da Lava-Jato. Agora, fica a pergunta: Quem era o homem mais forte de Lula nos primeiros anos do governo petista? José Dirceu.

Dirceu foi ministro da Casa Civil, um dos mais altos cargos da República, e chegou a ser cogitado para suceder Lula na presidência antes mesmo de Dilma ser uma possibilidade, o que acabou não ocorrendo em virtude do escândalo do Mensalão. Nestes anos todos em que teve sua vida pública exposta e devastada pelos seus crimes descobertos, o ex-ministro nunca delatou, o que demonstra fidelidade ao projeto político no qual se envolveu.

As revelações trazidas por Renato Duque, que expõem os fatos ainda mais, servem para trazer vergonha àqueles que poucos dias atrás liberaram o petista da prisão, fazendo com que a população perca ainda mais as esperanças neste país. A atitude dos ministros foi simplesmente reprovável, para não dizer coisa pior.

REVELAÇÕES:

Renato Duque disse ao juiz Sérgio Moro que Lula, dentro da Petrobrás, era chamado de “chefe”, às vezes até de “grande chefe”. O ex-diretor da Petrobrás confirmou também que Lula recebeu propina e que ele com toda certeza sabia do esquema na estatal, além de comandá-lo.

Ainda segundo Duque, Lula pediu para que ele sumisse com contas no exterior que poderiam de algum modo comprometê-lo, assim como também havia pedido a Leo Pinheiro que queimasse qualquer prova a respeito do sítio em Atibaia e do Triplex. Isso aconteceu quando a Operação Lava-Jato já estava em andamento, o que nos mostra um modo operante, um padrão.

Lula é, de fato, o líder deste esquema, mas ele teve muitos que o seguiram e sem eles não teria dado certo por tanto tempo. Dirceu era um deles, e agora está livre apesar de ser um condenado. É possível?

Anúncios

Um comentário sobre “Revelações de Renato Duque envergonham aqueles que soltaram José Dirceu

  1. Tá Ok !! Foi uma vergonha o que o STF fez , desmoralizou a Lava-jato , foram uns canalhas , Bla, Bla, Bla ..
    E daí .. o que as Entidades , a Midia ,
    Os meios jornalísticos estão fazendo na prática , para reverter essa situação ..NADA !!!!
    Só falando , inclusive vocês do JORNALIVRE ……e os Bla, Bla , Blas continuam , e a Quadrilha do PT , pintando , bordando d rindo-se da JUSTIÇA BRASILEIRA ……!!!!

Deixe uma resposta