Após tentar censurar o judiciário com a “lei de abuso”, Requião quer censurar também a imprensa

O senador Roberto Requião já definiu a próxima pauta do seu mandato. Após a aprovação do Projeto de Lei de Abuso de Autoridade, o peemedebista está empenhado em avançar com o projeto de lei que regula o modo do ofendido ter seu ” direito de resposta” veiculado na imprensa.

O PLS 89 de 2015 quer ressuscitar um trecho que sofreu veto do presidente Temer quando da sanção da Lei n. 13.188, de 11 de novembro de 2015. O texto entrará nesta semana na pauta da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, informa a Veja.

Trata-se de um primeiro passo perigoso para controlar a imprensa e as mídias alternativas, especialmente agora que a extrema-esquerda vem perdendo precioso espaço e sendo derrotada em suas narrativas. Requião, na realidade, segue a cartilha totalitária petista, que em seu governo já vinha há algum tempo tentando dar este passo.

Anúncios

Deixe uma resposta