Quando perguntam se Barbosa quer ser presidente, ele responde: “Política é muito complicado”

De acordo com a coluna Radar On-Line, da Veja, Joaquim Barbosa respondeu o seguinte a um interlocutor que teria lhe questionado sobre a possibilidade de ser candidato à presidência no ano que vem: “Às vezes, penso que sim. Em outras horas, acho que não. Política é muito complicado.”

Apesar de ter sido relator no processo do Mensalão, é bom lembrar que o ex-ministro foi indicado por Lula ao cargo. Depois que saiu de cena no STF, em uma súbita e inexplicável aposentadoria precoce, Barbosa passeou pelo país inteiro dando palestras contra o impeachment de Dilma Rousseff. Mais recentemente ficou claro que ele possui “afinidade” com Marina Silva, por isso as especulações sobre sua candidatura.

Ao menos em uma coisa ele já deu jeito: Está respondendo perguntas como Dilma as responderia. Ou seja, ele não responde.

Anúncios

2 comentários sobre “Quando perguntam se Barbosa quer ser presidente, ele responde: “Política é muito complicado”

  1. O Joaquim Barbosa já era, ele estava em alta quando o povo não tinha conhecimento de suas falcatruas para proteger o Lula no processo do mensalão, depois que essas informações vieram a tona ele despencou do galho podre ao qual segurava, se ele for eleito presidente é bem capaz de colocar Lula e Dilma como ministros para protege-los.

  2. A velha mídia e sua procura incansável por um novo messias. Chega de messias, chega de nomes “salvadores da pátria”. O que precisamos é de novas ideias, por exemplo o libertarianismo.

Deixe uma resposta