Sindicatos perdem: apenas 35% acreditam na narrativa de “fim de mundo” com terceirização

Nem mesmo o Datafolha conseguiu quebrar o galho dos sindicatos milionários.

A principal narrativa do PT se baseia em dizer que com a terceirização os salários cairiam e os trabalhadores viveriam uma situação de “precarização”.

Mas a pesquisa mostra que apenas 35% acreditam nesta narrativa de que salários “vão diminuir”. 17% acham que os salários vão aumentar, e 44% acreditam que vão ficar como está. 4% não souberam responder.

Em relação à geração de empregos, apenas 31% acreditam na narrativa de fim de mundo, ou seja, acreditam que “vão diminuir” os empregos. Já 34% acham que os empregos vão aumentar, e 31% acreditam que vão ficar como está. 4% não souberam responder.

Os dados são extremamente positivos para o governo e os trabalhadores, já a extrema-esquerda foi ao seu limite no investimento de recursos financeiros na guerra de narrativas. Ou seja, se o governo decidir aumentar um pouco o esforço nesta guerra de narrativas, os resultados tendem a piorar para os sindicatos que tanto tem explorado os trabalhadores.

Anúncios

Um comentário sobre “Sindicatos perdem: apenas 35% acreditam na narrativa de “fim de mundo” com terceirização

Deixe uma resposta