(PR) URGENTE: Militante tenta justificar fracasso do CarnaLula e confessa doutrinação nas escolas. A Internet não perdoou…

Por Juliano Silva

Os militantes bem que tentaram, mas os cidadãos paranaenses não aderiram massivamente à greve no estado. Apesar do alarde, o que tem se visto é uma ação sem expressividade que tem envergonhado os organizadores. Justificando o fiasco, Juliana Martins, militante do Partido dos Trabalhadores, confessou em rede social o ataque terrorista ideológico praticado contra crianças paranaenses na escola em busca de adesão ao CarnaLula.

1

Apesar de todo o assédio, os paranaenses tem dado respostas à altura em casos como esse. Em uma transmissão ao vivo feita pelo Facebook, sindicalistas inconformados com a baixa adesão à greve tentaram, em um gesto desesperado, convocar os cidadãos de bem para o ato.

2.jpg

Para a surpresa deles, o que se viu foi um enxurrada de forte crítica de pessoas que foram vítimas das maldades protagonizadas no dia de hoje. Claramente a população está cansada de ser alvo de crimes e de ter o seus direitos individuais sistematicamente violados pelos milicianos. Segundo fontes, já existe um forte clamor de boa parte dos pais paraenses para que o projeto de Lei Escola Sem Partido seja aprovado, pondo um fim nos recorrentes abusos morais que as crianças vem sofrendo.

É melhor a turma do CarnaLula tomar cuidado.

Anúncios

4 comentários sobre “(PR) URGENTE: Militante tenta justificar fracasso do CarnaLula e confessa doutrinação nas escolas. A Internet não perdoou…

  1. Alguns de nós podemos ter errado nas eleições, mas com certeza as urnas foram fraudadas conforme se disseminou nas mídias. Agora é fato que o vagabundismo abundou (ficou redundante…,né?). Mas quem sabe agora isso possa mudar com a lavajato, fim do imposto sindical e das verbas para esses esquerdistas que foram surrupiadas do trabalhador, embora Temer não seja a solução para o Brasil.

Deixe uma resposta