Aliados de Temer pedem reação mais dura contra “greve” do CarnaLula

Vera Magalhães informa que há um sentimento de que a reação de Michel Temer em relação à “greve geral” pró-Lula é “tímida e omissa”. Especialmente em comparação ao prefeito de São Paulo, João Doria, que pregou “tolerância zero” contra os que chamou de “vagabundos“.

A opinião é de ministros e aliados de Temer, que acham que governo deveriam se aproveitar para condenar os atos de violência e vandalismo e se contrapor ao PT. Essa seria uma forma de defender as reformas e angariar parcela da sociedade indignada com coação do direito de ir e vir.

A inteligência do governo federal aponta possibilidade de confrontos, violência, saques, black blocs no final da tarde desta sexta (28). O governo arregimenta suas forças na medida do possível.

A informação é da Jovem Pan.

Anúncios

Deixe uma resposta