Em matéria de 2007, Lula dizia que grevista deveria ter ponto cortado; cai a moral de vez do CarnaLula

Em um printscreen que está sendo divulgado de novo, uma matéria de 2007 mostrava Lula defendendo o corte de ponto para grevistas enquanto era presidente.

Lula disse: “Quando eu era dirigente sincial, e eu fui um bom dirigente, dizia aos companheiros que se quisessem receber os dias parados não deviam nem entrar em greve”, prosseguiu o presidente.

Em duplo padrão psicopático, agora os petistas dizem que cortar dias parados virou “fascismo”.

Observe:

Anúncios

Deixe uma resposta