Fim do imposto sindical: trabalhadores ficam livres da escravidão imposta pelos sindicatos da extrema-esquerda

por Roger Scar

Toda essa movimentação contra a reforma trabalhista tem uma motivação: lutar para manter o imposto sindical. É isso o que realmente interessa aos sindicalistas envolvidos nessa baderna, é disso que eles realmente têm medo.

Há muito tempo os trabalhadores brasileiros que tiveram a infelicidade de trabalhar com registro em carteira foram obrigados a pagar, anualmente, o equivalente a um dia inteiro de trabalho para encher o bolso dos sindicalistas. Isso tudo foi feito sob o pretexto de que os sindicalistas lutariam pelos direitos dos trabalhadores, o que até pode já ter acontecido em alguns casos, mas ainda assim não justifica a imposição de tal pagamento.

Além da imoralidade que é o imposto sindical em si, uma vez que o cidadão é obrigado a pagá-lo para um sindicato que muitas vezes nem o representa, há também o fato maior por trás disso tudo: para onde vai o dinheiro?

Aí é que está! Ninguém sabe exatamente para onde esse dinheiro vai, nem para o que é usado. Claro, suspeitas são óbvias até demais: vai para o bolso de sindicalistas profissionais que organizam protestos e greves com finalidade estritamente política. Resta saber quanto, como e quando…

Agora, com o fim do imposto sindical, aprovado hoje pela Câmara dos Deputados – mas que ainda precisará ser aprovado pelo Senado e sancionado pelo presidente – os sindicalistas choram. Mas é bom que chorem. Se choram eles, não choram os trabalhadores.

Anúncios

9 comentários sobre “Fim do imposto sindical: trabalhadores ficam livres da escravidão imposta pelos sindicatos da extrema-esquerda

  1. Só não fica livre da escravidão imposta pelos políticos com o voto obrigatório e os impostos escorchantes. Isto é normal, porque a corrupção precisa ser regiamente alimentada!!

  2. É um absurdo os trabalhadores serem obrigados a pagarem impostos para esta corja chamada sindicato . Só os sindicalistas ganham e roubam com isto .

  3. É um absurdo os trabalhadores serem obrigados a pagarem impostos para esta corja chamada sindicato . Só os sindicalistas ganham com isto .

  4. Sou operário da construção Civil na região de bauneario CAMBORIÚ .o sindicato daqui cobra imposto mas não me representa.no meu ponto de vista. A cut e todos os sindicatos representam o pt.

  5. A escravidão vai começar agora,existem mais sindicatos,sim existe o problema que a maioria dos deputados são empresários e sem a luta dos bons sindicatos que também existem,eles vão deitar e rolar.

  6. SIM – Pelo fim dessa contribuição sindical imoral, pelo fim do voto obrigatório e pelo fim do SISTEMA DE GOVERNO REPUBLICANO.
    SIM – Pelo retorno do SISTEMA DA MONARQUIA CONSTITUCIONAL PARLAMENTARISTA.

Deixe uma resposta