Após mais uma fraude em eleições internas, PT cancela o pleito em cinco cidades

A Executiva estadual do PT cancelou a eleição de seus dirigentes em quatro municípios de São Paulo após a identificação de mortos entre os votantes. Nesta segunda-feira (24), a direção do PT anulou os votos para os diretórios das cidades de Arandu, Brotas, Uchoa, Platina e Catanduva.

A Folha revelou nesta sexta (21) que quatro mortos estavam na lista dos eleitores do 6º Congresso do PT na cidade de Arandu. Outros quatro, em Catanduva. Segundo relação de votantes da primeira etapa da disputa pelo comando petista, os 74 militantes aptos a votar em Arandu participaram da eleição petista do dia 9 de abril, incluídos os mortos.

Após apuração, foram identificados ainda mortos entre os votantes de Brotas, Uchoa e Platina. A eleição foi cancelada em outros sete municípios por motivos distintos, como falta de quorum.

No município de Platina, na região de Assis, 106,7% dos filiados aptos a votar foram às urnas na eleição petista. Segundo a lista, 45 moradores de Platina teriam direito a voto e 48 votaram. Desse total, 41 escolheram a chapa da CNB (Construindo um Novo Brasil), a maior força interna petista.

Em Catanduva, integrantes do movimento Muda PT —de oposição à maior corrente partidária— produziram um vídeo que traz o momento em que um militante é flagrado carregando a urna minutos antes do encerramento da votação. Ele reaparece uma hora depois. Nesse ínterim a relação dos votantes dessa urna subiu de 48 para 248. Essa urna foi cancelada, invalidando a eleição na cidade.

A matéria é da Folha de São Paulo.

Anúncios

6 comentários sobre “Após mais uma fraude em eleições internas, PT cancela o pleito em cinco cidades

Deixe uma resposta