Extrema-esquerda se uniu para destruir a vida de uma professora em Maringá. Veja como ajudá-la:

Professora de História na Universidade Estadual de Maringá, Suelem Halim Nardo de Carvalho é autora de um livro sobre a tomada do poder pelos militares, Golpe de 1964: O que os livros de história não contam.

Sem que haja qualquer evidência ou mesmo relatos consistentes, grupos de alunos subitamente passaram a registrar reclamações contra a professora, e por conta disso a mesma perdeu as disciplinas de História Contemporânea I e II. As queixas, registradas por alunos de forma anônima, são extremamente genéricas, quase sempre os acusando de racismo ou xenofobia, e isso levou algumas pessoas a questionarem sua legitimidade.

“Houve reclamações de dois alunos sobre a professora Suelem. Um se queixou unicamente dos livros que ela utilizou no curso, chamando os autores de “sem relevância para a historiografia”. Ele menciona os títulos O grande culpado, de Viktor Suvorov, Fascismo de esquerda, de Jonah Goldberg, Desinformação, de Ion Mihai Pacepa e Ronald Rychlak, O Jardim das Aflições, de Olavo de Carvalho e Os EUA e a Nova Ordem Mundial, debate entre Olavo de Carvalho e Alexandre Dugin. Outra simplesmente questionou sua competência, sem mencionar nenhum fato que embasasse sua opinião”, informa o site Reaçonaria.

Outros detalhes também deixam a história esquisita. Segundo o site Reaçonaria, dois dos alunos que escreveram reclamações se retrataram e protocolizaram solicitações, com firma reconhecida, para que seus relatos fossem desconsiderados, afirmando que não refletem seu pensamento. Uma ex-aluna escreveu em sua solicitação que assinou sob pressão e insistência de algumas pessoas, inclusive o Diretor do Campus. Um carro da Universidade foi utilizado, no dia 01/12/2016, para levar três dos alunos que escreveram reclamações até a cidade de Faxinal, onde mora a ex-aluna que assinou um dos relatos e depois se retratou.

Contexto

Há fortes indícios de que alunos do curso de História-UEM, campus de Ivaiporã, estão sendo instrumentalizados por professores do Departamento de História de Maringá, para servirem à perseguição política contra seus professores conservadores.

No dia 28/03/2017, uma sindicância foi aberta pelo Conselho Interdepartamental, do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, da Universidade Estadual de Maringá, para a apuracão do conjunto de reclamações de alunos, chamado por eles de “dossiê”, apresentado no dia 08/12/2016. O resultado foi a retirada das disciplinas ministradas pela professora Suelem Carvalho.

As reclamações recaem sobre um grupo de professores cujos alunos obtiveram no Enade notas 43% superiores às dos alunos do campus sede. Se os signatários do “dossiê” tiverem algum fundamento para reclamar da formação débil do campus de Ivaiporã, o Enade sinaliza que a formação no campus de Maringá é mais débil.

Para saber mais sobre o caso
Entrevista de Suelem Carvalho a Paulo Briguet, na Folha de Londrina.
http://www.folhadelondrina.com.br/blogs/paulo-briguet/o-drama-da-professora-que-nao-e-de-esquerda-974855.html

Ação
Por favor, escrevam cartas e e-mails, no tom mais cortês possível, às autoridades universitárias relacionadas abaixo:

– expressando preocupação com as informações sobre censura e perseguição política contra professores da Universidade Estadual de Maringá, especialmente a professora SUELEM HALIM NARDO DE CARVALHO;
– solicitando esclarecimentos sobre a denúncia de pressão sobre alunos ou ex-alunos para assinarem reclamações inverídicas, por parte do Diretor do Campus, e de utilização indevida de um veículo da Universidade para a mesma finalidade;
– solicitando esclarecimentos sobre a retirada das disciplinas de História Contemporânea II e História Contemporânea III da professora Suelem;
– lembrando que a Constituição Federal do Brasil, em seu Art. 5°, protege a liberdade de expressão e de pensamento e, em seu Art. 206, a liberdade de cátedra;
– lembrando que a Universidade é, por natureza, um local em que essas liberdades devem ser exercidas em sua máxima plenitude.

Escreva para:

Magnífico Reitor
Prof. Dr. MAURO LUCIANO BAESSO
Universidade Estadual de Maringá
Avenida Colombo, 5790
87020-900 Maringá-PR
E-mail: sec-gre@uem.br

Prof. Dr. ANGELO APARECIDO PRIORI
Diretor do CCH
Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes
Avenida Colombo, 5790, Bloco G34 – Sala 03
87020-900 Maringá-PR
E-mail: sec-cch@uem.br

Envie cópias para:

Suelem Carvalho
Rua Adolfo Purpur, 565, Jd. Imperial
87023-155 Maringá-PR
E-mail: suelemhalim@hotmail.com

Parte do texto é de autoria do site Reaçonaria.

Anúncios

19 comentários sobre “Extrema-esquerda se uniu para destruir a vida de uma professora em Maringá. Veja como ajudá-la:

  1. Infelizmente, a direita não fará nada para ajudar a professora…dificilmente alguém irá redigir um e-mail para o a Universidade pedindo explicações sobre tal fato… é triste, mas é a realidade…

      1. Não José, não é. A referida professora. Foi minha colega na graduação pela Universidade Estadual de Maringá. Até mesmo os alunos de direita reclamam dela.

  2. Olha…usar livros do Olavo de Carvalho como bibliografia de curso de História é no mínimo questionável. Olavo de Carvalho não é autor clássico e nem referência mundial. Nada contra discutir diversas correntes do pensamento, mas DOIS livros de um cara que só é conhecido (e pouco) no Brasil? Também nunca ouvi falar nos demais autores. Será que ela não está fazendo uso de sua aula para doutrinar, desta vez com o pensamento da direita? As pessoas estão perdendo o senso.

    1. A doutrinação só se manifesta em duas situações: quando uma única corrente é apresentada, ou quando se distorce propositalmente determinadas correntes divergentes daquela que o professor acha correta ou adequada. Confesso que já vi e sofri as duas formas.

    2. Olavo de Carvalho é pouco conhecido ? É bem provável que sim. Pois se as ideias dele tivessem alcançado o grande público há tempos, talvez o Brasil não teria chegado ao fundo do poço como chegou.

  3. Ela deveria usar TODOS os livros do Prof. Olavo de Carvalho, que não fica repetindo história “oficial” ou, diga-se melhor, versão contada pela esquerda no Brasil. Deveria usar inclusive a excelente compilação de artigos reunidos no livro TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA NÃO SER UM IDIOTA. Se alguém duvida da competência deste educador, faça o favor de passar algumas horas no site dele (isso na verdade vai requerer centenas de horas, dada a quantidade de informação) e só depois disso venha opinar. Como diz o próprio Prof. Olavo, num de seus motes mais repetidoss: “Rapaz, vá estudar primeiro, vá ler, vá se aprofundar, depois venha dar opinião”!!

  4. Nossa universidades e inclusive escolas primarias e secundarias estao infestadas de comunistas. manipulam e pervertem as mentes inocentes de crianças, as quais mais tarde se tornam militantes desta tragedia chamada comunismo. É preciso limpar as universidades dessas ideologias. Podem ser o que bem entenderam, mas longe das escolas. É urgente esta medida, para afastar os militantes sejam de esquerda ou direita. As escolas devem ficar longe dos partidos politicos.

    1. Comunistas!!?? Fala sério né…. Se fosse meu pai aos seu 96 anos falar isso até se aceitaria. Comunistas kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkklkkkkk

  5. É esse mesmo o termo usado para Reitor “Magnífico”? Achei estranho…
    Como se percebe, a Professora está em ambiente dominado pelos esquerdistas. Cursei Universidade e confesso que foram anos de muito sofrimento, pois como não tenho a força que muitos tiveram de se impor, tinha que sofrer calada toda a doutrinação praticada. Até em acampamento sem-terra fazia parte dos trabalhos que tínhamos que apresentar. Imagino num universo de esquerdistas uma Professora ousar ministrar algo que os desagrade…é o inferno em vida. Que Deus lhe dê forças para seguir em frente em acordo com suas convicções. Estamos a seu lado.

  6. NÃO aceito o bulling esquerdopata., Jamais aceitarei e enfrentarei as consequências deste posicionamento libertário e democrata…
    Aceitar a intransigência absurda, mórbida, criminosa dos Terroristas do pensamento,
    É abdicar da Vida e sua completa essência..
    A esquerda Radical, criminosa e corrupta, Não usurpará dos brasileiros a ISONOMIA que lhes cabe..
    Os barbadinhos formados nos fundos da civilização universitária, serão Execrados da sociedade civil… Sim..

  7. Eu apoio essa corajosa! nossas crianças ja estao sendo usadas por essa corja a muitos anos! Peço a Deus uma única coisa, que esses “bem intencionados” paguem por todo o mal que estão fazendo com as crianças, adolescentes e adultos que tentam doutrinar pra esse mal absoluto chamado comunismo/socialismo! voces estao destruindo o próprio mundo onde vivel

Deixe uma resposta