Assessoria do TSE quer rejeição de contas do PT e ressarcimento de R$ 7,3 milhões aos cofres públicos

A assessoria técnica do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recomendou a rejeição das contas do PT referentes ao exercício de 2011 e o ressarcimento aos cofres públicos de R$ 7,3 milhões por supostas irregularidades no uso de verbas do Fundo Partidário.As contas de 2011 do PT serão julgadas nesta quinta-feira, 27.

Nesta terça-feira, 25, o plenário do TSE julga as contas do PPS, PSC e PT do B. Nos três casos a assessoria do tribunal também recomendou a reprovação das contas e ressarcimento de R$ 3 milhões, R$ 1,2 milhão e R$ 188 mil, respectivamente, por suspeitas de mal uso de verbas do fundo.

Em março, o Estadão revelou que recursos do Fundo Partidário que deveriam ser usados para custear atividades das legendas pagaram aluguel de jatinhos e despesas pessoais de seus dirigentes.

A informação é do jornal O Globo.

Anúncios

Deixe uma resposta