Roberto Jefferson lembra como salvou o Brasil de virar uma ditadura bolivariana ao denunciar o Mensalão

Hoje em dia o noticiário sobre os horrores praticados pela ditadura venezuela – que matou mais de vinte pessoas nos últimos dias de protestos – são praticamente uma visão de como seria o futuro do país se não tivesse ocorrido o impeachment de Dilma Rousseff.

Porém, Roberto Jefferson lembra que a queda do projeto totalitário de poder começou em 2005, quando ele denunciou o Mensalão.

Em seu Twitter, Jefferson escreveu: “Se eu não tivesse denunciado o mensalão, Zé Dirceu teria virado presidente e aplicado a cartilha bolivariana. Teríamos um Maduro no Planalto”.

Faz sentido.

Veja:

Anúncios

8 comentários sobre “Roberto Jefferson lembra como salvou o Brasil de virar uma ditadura bolivariana ao denunciar o Mensalão

  1. Realmente isto foi muito importante para o inicio desta limpeza, mas vc só denunciou porque estava levando pouco, mas nos brasileiros temos que reconhecer que vc. foi fundamental para esta limpeza que ainda não deu em nada , porque temos muito interesse de grandes corruptos ainda no congresso como os Senadores, Ministros , Deputados, querendo fazer leis para os Proteger .

  2. Também somos gratos pelo nosso bandido favorito: Eduardo Cunha, ter colocado o impeachment para votação no congresso. Pelos verdes, amarelos, azul e branco que se manifestaram em todo o Brasil, foi a maior manifestações até hoje no nosso país. VERMELHOS NUNCA MAIS!!?

  3. Pu’stula falsa. Quando bateu R$ 4.500.000,00 não aguentou. Queria mais . Este dinheiro nunca apareceu e nem a ju$$ti$$a foi buscar . Ou os inimigos do LLLUULLA’A’ cobriram o passe.

  4. Corrupto safado!
    Sua intenção não foi salvar o país de nada.
    Participou ativamente do mensalão e defendeu o Lula, todo o tempo, nesse episódio. O seu interesse foi de se vingar do Zé Dirceu e acabou confessando o recebimento de R$ 4.000.000,00 em propinas, sem contar a corrupção nos Correios e no IRB.

Deixe uma resposta