Ministro do Trabalho pode trair trabalhadores ao pedir veto ao fim do imposto sindical

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, disse que se o plenário aprovar o relatório do deputado Rogério Marinho (PSDB-RN) que prevê a regulamentação do trabalho intermitente e o fim do imposto sindical, sua nota técnica da pasta vai recomendar o veto desses dois pontos à presidência da República. As informações são do Zero Hora.

O ministro disse que não conversou ainda com Michel Temer, mas lembra que “o acordo inicial com as centrais sindicais não previa esses temas na reforma”. Porém, o Planalto está confiante de que terá os votos necessários para a aprovação em plenário ainda na próxima semana.

Isso coloca Nogueira em uma situação difícil: a de ministro que trai os trabalhadores e também o presidente Temer. As organizações sindicais tem sido historicamente um braço da extrema-esquerda, que se opõem a governos que não são totalitários, como é o caso do governo Temer. Ao requisitar a manutenção do imposto sindical obrigatório, Nogueira fica do lado daquelas organizações que tentam demolir o governo ao qual ele pertence, configurando traição. Como a lei atual oprime os trabalhadores, obrigando-os a pagar um valor que não querem fazê-lo, Nogueira também trai os trabalhadores.

Até o momento Michel Temer não se pronunciou se vai demitir ou não Nogueira pelo ato de traição.

Anúncios

4 comentários sobre “Ministro do Trabalho pode trair trabalhadores ao pedir veto ao fim do imposto sindical

  1. Temer, MANDE ESSE CANALHA PRO OLHO DA RUA JÁ!!! ESSE TRAIDOR IMUNDO NÃO MERECE FICAR MAIS UM SEGUNDO NO MINISTÉRIO DO TRABALHO!!!

    A sorte do povo brasileiro é que, no Congresso, a maioria dos parlamentares é a favor da extinção desse absurdo que é o imposto sindical. Deputados e senadores estão decididos a cortar esse financiamento imoral da extrema-esquerda!!! GRAÇAS A DEUS!!!

  2. Mas que canalha. Que sujeito imundo. Pervertido imoral. O dinheiro dos trabalhadores foi, é e sempre será usado pelos sindicatos para que os sindicalistas vivam à larga sem fazer nada. São vagabundos de carteirinha e este infame ainda quer manter a mordomia. TRAIDOR.

Deixe uma resposta