Palocci queria delatar sem ser filmado. Moro o mandou tirar o cavalinho da chuva. 

Durante a audiência desta quinta-feira, 20, com Sérgio Moro, o criminalista José Roberto Batochio, que defende Antonio Palocci pediu ao juiz que a audiência fosse feita sem imagens do réu. Moro obviamente negou o pedido. A informação é da Jovem Pam.

“Excelência, poderia esse interrogatório ser realizado sem imagem?” pediu o advogado. Moro então respondeu: “Doutor, eu tenho reservado esse benefício apenas aqueles que têm feito a colaboração, então não tem uma base legal”,.

Ele é acusado em ação penal pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, como principal interlocutor do PT e do governo federal com o cartel de empreiteiras que desviou mais de R$ 40 bilhões da Petrobras, entre 2004 e 2014.

Advertisements
Anúncios

Deixe uma resposta