Por que a imprensa não fala do PSOL na Lava Jato?

por Rafa Silva

Um mistério ronda as redações dos grandes jornais: por que ninguém fala da presença de Luciana Genro(PSOL) na lista de políticos delatados pela Odebrecht? Além dela, também figura Leonel Brizola Neto, descendente direto do inepto caudilho gaúcho e colega de partido.

Uma breve pesquisa no google com os indexadores “Luciana Genro” e “Odebrecht” demonstra isso. Na pesquisa, recebemos apenas notícias advindas da blogosfera financiada pela Odebrecht ( Carta Capital), pelo PT (Viomundo) ou blogs independentes como o Antagonista, Folha Política e este Jornalivre.

Captura de Tela 2017-04-18 às 23.37.57

Captura de Tela 2017-04-18 às 23.38.09

Além deles, vemos também a mídia local de Porto Alegre, o Zero Hora – que conta com editorial bastante amigável à Psolista – oferencendo seu espaço para a tese de defesa da filha de Tarso Genro.

Prêmio “Congresso em foco”

Não é de hoje que a mídia é entusiasta do pequeno partido pró-ditadura. Ao longo dos últimos anos, os prêmios de “melhor parlamentar” oferecidos pelo site Congresso em Foco – cujos jurados são justamente os jornalistas – terminam invariavelmente nas mãos dos congressistas socialistas.

A boa vontade dos nossos jornalistas com a turma do socialismo chic contrasta com a enxurrada de Fake News e perseguições orquestradas pela grande mídia contra lideranças da nova direita – em especial com o MBL, o deputado Jair Bolsonaro e o prefeito de São Paulo João Dória Jr.

Captura de Tela 2017-04-18 às 23.48.39
Jornalistas políticos soltando a franga

Perseguição à direita

Para Renan Santos, do MBL, “existe uma má-vontade prévia advinda dos jornalistas dos grandes veículos“. Para ele, “tal perseguição ganha corpo em matérias mentirosas como as feitas contra mim (Renan) pelo UOL e aquele história ridícula de “caixa 2” do Holiday“. Ambas as histórias contaram com ampla repercussão da grande imprensa, que transformou suposições inexpressivas e fatos sem verificação em material para atacar o Movimento. Segundo Renan “o mesmo acontece com João Doria Jr, alvo de matérias ridículas da Folha de São Paulo, como quando foi “flagrado” sem cinto de segurança (e o carro parado) fazendo um vídeo.”

Mídia com partido

As eleições americanas já demonstraram previamente que a imprensa se comporta como um partido político, tomando lado junto à esquerda para defender seus candidatos. Além disso, a interferência de ONGs e investidores com interesses políticos no setor – como é o caso da Open Society Foundation de George Soros – tornam tudo ainda mais nebuloso.

Com a credibilidade em baixa, a velha imprensa vem perdendo espaço para veículos alternativos e para as redes sociais. Tal queda também é evidenciada em suas vendas e faturamento, que as tornam ainda mais dependentes de investidores com interesses políticos ou do governo – que já provia farta distribuição de benesses desde o governo Lula.

Anúncios

3 comentários sobre “Por que a imprensa não fala do PSOL na Lava Jato?

  1. A velha imprensa ou também conhecida como “mídia tradicional” está suspirando seus últimos respiros nesse inicio de século. A internet entrou de “fato” no dia a dia das pessoas a partir do ano 2000 e uma das boas coisas que a rede proporcionou a humanidade (ao menos a ocidental até aqui) foi justamente quebrar/acabar com o monopólio da informação. Hoje com o auxílio da internet são as pessoas comuns quem fazem as notícias, quem verificam a veracidade das mesmas e ainda conseguem por ferramentas simples como “curtir” e/ou “comentar” dar a real atenção aquele noticiário ou não. A mídia não tem como vencer essa guerra.

    1. E tem uma coisa até curiosa, que explica por que a mídia ignora o PSOL, quando se trata de apontar suas figuras mais ativas, quando envolvidas em denuncias na Lava Jato. É que um sem-numero de jornalistas, “infiltrados” nos grandes jornais e emissoras de TV, diante das evidências de brutal comprometimento do PT(junto aos demais partidos) nos escandalos, nutrem a secreta esperança de que um partido “da verdadeira esquerda” vai surgir e “bombar” nas eleições. Crendo que o PSOL é o maior candidato a ser esse partidão, os colunistas dessa mídia procuram preservar Luciana Genro e seus colegas. Estarão certos? …A conferir em outubro de 2018….

  2. PSOL: puxadinho e plano B do lulopetismo para, segundo uma nova roupagem, prosseguirem com seu projeto de conquista e perpetuação no poder. Não nos esqueçamos de que esse puxadinho foi formado a partir de uma ala mais “à esquerda” do PT.

    Saudações!

Deixe uma resposta