Delator da Odebrecht conta que pagou propina para a CUT

Henrique Valadares, delator da Odebrecht, contou ao MPF sobre pagamentos para  “Barbudos”, codinome que o delator ligou a um representante da CUT junto ao Sindicato dos Trabalhadores da Construção Pesada em Porto Velho. As informações são do Infomoney.

“Barbudos, esse é fácil adivinhar, eu creio. Isso é para os representantes da CUT locais. A CUT foi o primeiro sindicato a chegar lá e se estabelecer. Estavam todos de olho, não tinha nada na cidade, de repente surge lá um contingente de 25 mil homens numa obra e mais tanto na outra”, afirmou.

“O pessoal da CUT costumava cobrar pedágios mensais para eles não apoiarem greves, atos de violência, esse tipo de coisa”, conta o executivo.

Além disso, ele citou pagamentos para “Companheiro”, que seriam diretores de sindicato, visando que os mesmos não insuflassem os trabalhadores a praticar atos de vandalismo e depredação na obra nas épocas de negociação coletiva, especialmente em virtude do histórico de Jirau.

Um comentário sobre “Delator da Odebrecht conta que pagou propina para a CUT

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s