Delator diz que a reforma do sítio de Atibaia era uma “surpresa” de Marisa para Lula

Em sua delação, Emilio Odebrecht contou que reforma do sítio de Atibaia era para ser uma surpresa de Marisa Letícia a Lula. Seria uma forma de celebrar o término do segundo mandato do petista. A empresa teria enfiado mais de 700 mil reais na reforma. O pedido de ajuda à empreiteira veio da então primeira-dama em um aniversário de Lula, em Brasília.

“A mulher do Lula, Marisa Letícia, disse que tinha dado um problema, porque ela queria fazer uma surpresa… (…) A dona Letícia pediu a ele (Alexandrino) que a ajudasse porque ela não conseguia terminar as obras que lá estavam, porque quem estava lá ela não confiava mais e disse que queria dar essa surpresa quando o Lula terminasse (o segundo mandato).”

Passou-se algum tempo e Emilio foi ao Palácio do Planalto, onde comentou com Lula: “Eu disse para ele: ‘Olhe, chefe, você vai ter uma surpresa e nós vamos garantir o prazo que nós tínhamos naquele programa lá, no sítio.”

Emilio disse que Lula não reagiu com surpresa, uma vez que já estava sabendo de tudo.

Anúncios

Deixe uma resposta