Cuba suspende envio de médicos escravos pois muitos querem ser libertados no Brasil

A ditadura cubana suspendeu o envio de 710 médicos escravos que seriam trazidos para trabalhar no Brasil no Programa Mais Médicos. As informações são do Infomoney.

O governo cubano ficou enfezado em razão da recusa de muitos médicos que se recusam à voltar para Cuba, optando por viverem como pessoas livres no Brasil. Atualmente, 88 profissionais estão recorrendo à Justiça para permanecer no Brasil, quebrando o elo de escravidão com Cuba.

A ditadura não admite que os profissionais possam viver livres no Brasil. Ainda assim, o governo brasileiro diz que enviará nas próximas semanas uma comitiva ao país para discutir o assunto.

Melhor seria se Temer mandasse a ditadura catar coquinho na descida e naturalizasse todos os cubanos automaticamente.

Anúncios

Um comentário sobre “Cuba suspende envio de médicos escravos pois muitos querem ser libertados no Brasil

Deixe uma resposta