Marajá, Sarney briga na justiça para manter aposentadorias opulentas

O ex-presidente da República e do Senado, José Sarney, briga na justiça para manter a sua tripla aposentadoria, que lhe garante um valor de R$ 73 mil por mês.

O valor é mais que o dobro do teto constitucional para servidores públicos, mas a defesa de Sarney insiste que não há nada de ilegal em acumular esses benefícios.

A Justiça Federal já havia condenado Sarney a devolver aos cofres públicos tudo que recebeu acima do teto desde 2005, ignorando o montante anterior por ter já ter prescrito.

Absurdo.

 

Anúncios

Deixe uma resposta