Vereador Police Neto é cotado para assumir Secretaria da Educação no lugar de Schneider

Neste sábado (8), a Folha publicou que o secretário da Educação Alexandre Schneider pediu demissão do cargo ao prefeito João Doria. Ele é ligado ao PSOL e se posicionou a favor dos doutrinadores escolares.

Schneider teria se queixado de falta de respaldo por parte de Doria, o que seria muito difícil para o prefeito, uma vez que ele teria que tomar partido publicamente de uma campanha liderada pelo PSOL para proibir o vereador Holiday de visitar escolas.

A matéria diz que Doria teria convencido Schneider a ficar no cargo.

Novas informações, porém, dão conta de que o vereador Police Neto (PSD), poderia assumir a vaga de Schneider (também do PSD) como Secretário da Educação. Parece que a prefeitura está em busca de novos nomes caso a demissão se confirme.

Anúncios

5 comentários sobre “Vereador Police Neto é cotado para assumir Secretaria da Educação no lugar de Schneider

  1. O Escola sem partido tem sim um partido, o da censura e ditadura e todo aquele (a) que tem uma ação mais democrática, caso do Schneider, é execrado por eles.

  2. Quanta suposição mentirosa . Schneider do PSOL???? Se ele realmente fosse do PSOL, já teria sido expulso do partido , assim como nem teria sido escolhido para o cargo .

    Schneider é do PSD de Gilberto Kassab, onde Gilberto Kassab é que dá certa sustentação a ele .

    Se Dória o tirá-lo , em não havendo consultado com seriedade o PSD, perde parte de sua sustentação na CMSP.

  3. Absurdo esse escola sem partido, seria um retrocesso muito grande se isso prevalecer, pois a escola tem que ter liberdade para refletir sobre tudo e todos.

Deixe uma resposta