Mesmo com influência, Renan perde disputa interna para Ronaldo Caiado no Senado

São cada vez mais evidentes os sinais de que Renan Calheiros perdeu prestígio e força no Senado, Casa que até outro dia ele comandava soberanamente.

No mais recente revés, o líder do PMDB viu seu candidato à presidência da Comissão de Meio Ambiente, Helio José (PMDB-DF), sair derrotado na disputa com Davi Alcolumbre (DEM-AP), patrocinado por Ronaldo Caiado.

O resultado, em si, já expõe a atual fragilidade de Renan. Mas torna-se ainda mais sintomático quando se sabe do bastidor. Antes da reunião da comissão, ele ligou para líderes partidários e os pressionou para que trocassem os seus membros do colegiado dispostos a votar contra Hélio José.

Como se sabe, as lideranças não deram ouvidos ao ex-todo poderoso.

As informações são da coluna Radar On-Line.

Anúncios

6 comentários sobre “Mesmo com influência, Renan perde disputa interna para Ronaldo Caiado no Senado

  1. Espero que nas eleições de 2018, o Brasil fica livre deste cara, já deu pra bola.
    Ou melhor, que ele caia nas mãos do Dr Sérgio Moro em Curitiba.

    1. Cabe ao STF cumprir sua obrigação, ainda que com quase uma década de atraso, julgando e condenando este grande malfeitor nacional.

  2. Caiado é ficha limpa durante toda sua carreira política. Seus antepassados foram líderes populares. Hoje é jma grande força do interior dinâmico, culto, tribuno eloquente, médico e muito querido em Goiás. Bem longe de ser um coronel, como eram chamados os chefes por aqui; todos : de Totó Caisdo, Achiles de Pina, té Pedro Ludovico. E eram todos eles queridos pelos goianos. Ronaldo Caiado é a grande esperança que vem do interior para limpeza do país.

  3. O tempo de Renan Calheiros já passou. Agora ele tem mesmo que se preparar para fazer suas defesas nas investigações em andamento contra ele no STF, que deverá julgar com imparcialidade, dentro da lei, no sentido que ela deve ser igual para todos, sem exceção.

Deixe uma resposta