Mario Sabino enquadra Jean Wyllys no Twitter e o mesmo responde: “Todo cuspe é pouco”

O jornalista e escritor Mario Sabino manifestou através do Twitter seu espanto com o fato de Jean Wyllys, que cuspiu em outro deputado, ter escapado da suspensão na Câmara e ainda dito que faria de novo, e o deputado do PSOL respondeu “Todo cuspe é pouco”.

Veja:

Curioso tal declaração vindo de um sujeito que legitima práticas fascistas, já homenageou o assassino Che Guevara e se calou quando o deputado Glauber Braga, também do PSOL, homenageou o terrorista Carlos Marighella, na mesma sessão em que cuspiu em Jair Bolsonaro.

Anúncios

Deixe uma resposta