João Santana e Mônica devem delatar uso de grana desviada por petistas para o Foro de São Paulo

A delação premiada de João Santana e Mônica Moura – homologada ontem por Fachin – deve causar diversos problemas para o partido totalitário.

O casal de marqueteiros não atuou com foco apenas no PT, mas em ajudar outros partidos totalitários pela América Latina, de acordo com projeto do Foro de São Paulo, que sempre visou estabelecer um cartel de partidos que tomassem o poder para implementar o socialismo e consequentemente o saqueamento estatal absoluto em nível continental.

Como lembra o site Reaçonaria, Santana e Mônica, além de trabalharem em diversas campanhas petistas, “também exportaram as práticas de ocultação de valores e desvios de verba pública para países vizinhos, notadamente aqueles em que atuavam partidos ligados ao Foro de São Paulo”.

Irregularidades foram apontadas em campanhas de Hugo Chavez e Nicolas Maduro, na Venezuela, de Maurício Funes, em El Salvador, de Danilo Medina, na República Dominicana e de José Eduardo dos Santos, em Angola.

Inevitavelmente, a Lava Jato terá que investigar a fundo essas conexões, o que com certeza levará ao Foro de São Paulo.

Anúncios

Deixe uma resposta