Texto de petista aprovado na Câmara é feito para prejudicar todos usuários e motoristas do Uber

Liderados pelo PT, deputados conseguiram aprovar nesta terça-feira, 4, uma emenda que, na prática, pode inviabilizar o oferecimento de serviços por aplicativos como o Über.

Após aprovarem o texto-base do projeto para regulamentar o funcionamento desse tipo de plataforma, que transferia para os municípios a responsabilidade de detalhar as regras que o serviço teria que seguir, os deputados conseguiram aprovar uma emenda de autoria do líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini (SP), que retirou do texto que a atividade é de natureza privada. Foram 226 votos a favor, 182 contra, e 5 abstenções.

Dessa forma, na interpretação do relator do projeto, deputado Daniel Coelho (PSDB-PE), o serviço passará a ser de natureza pública. Para ele, se o projeto virar lei com essa redação, o serviço de aplicativo não poderia funcionar enquanto não houvesse regulamentação municipal.

O deputado também afirma que, na prática, os municípios poderão aplicar regras parecidas com as dos táxis, que dependem de uma série de regulações e alvarás para poderem circular pela cidade. “Eles estão conseguindo inviabilizar o uso de Uber, que é o que eles sempre quiseram”, disse Coelho.

O deputado afirmou que o PSDB e o PSD vão tentar obstruir a votação de outros destaques, para evitar novas derrotas. Se a votação do projeto for concluída, o texto seguirá para o Senado

Maia

A aprovação da emenda foi comemorada por taxistas que acompanhavam a votação das galerias do plenário da Câmara. Eles cantaram o hino nacional assim que o resultado foi anunciado.

O novo texto põe por terra o esforço do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em costurar um projeto mais favorável às empresas como o Über.

O texto-base aprovado reconhecia os aplicativos como um modelo de transporte e trazia poucas diretrizes que deveriam ser seguidas pelas prefeituras, como instituir a cobrança de tributos municipais pelo serviços; a contratação de seguro de acidentes pessoais a passageiros e do DPVAT para o veículo e a inscrição do motorista no INSS como contribuinte individual.

Durante a discussão do projeto, vários parlamentares criticaram o uso de aplicativos como o Uber. O deputado Sílvio Costa (PTdoB-PE), por exemplo, chamou o modelo de “transporte pirata”. “Esse Uber já está proibido na China, na Dinamarca. Ele usa pessoas desempregadas sem proteção social e faz precarização do trabalho”, disse.

No Morning Show desta terça-feira, Carlos Aros falou sobre o projeto de aplicativos como o Uber. Veja abaixo.

A matéria é da Jovem Pan.

Anúncios

3 comentários sobre “Texto de petista aprovado na Câmara é feito para prejudicar todos usuários e motoristas do Uber

  1. Poderiam deixar a lista dos deputados que votaram contra e a favor, para que possamos mostra quem são os verdadeiros bandidos que lutam sempre contra tudo que está a favor da sociedade. UMA VERGONHA!

    Curtir

  2. Eta Brasilzinho ! Caminhando sempre para atras …. Não há dúvidas que é um País de terceiro mundo … mas o que se poderia esperar com a qualidade deste Políticos ?….NADA
    Qualquer dia vao ter que construir espaços no centro das Cidades , para CARROÇAS ( pra economizar Gasolina ) …afffff
    Não entendo como uma Câmara de Deputados , permite que Deputados retrógradas como esses PETISTAS, tenham forças para passar um projeto , contra o desenvolvimento tecnológico de uma Nação ..!!
    Não tem cabimento ..!!!!

    Curtir

  3. Esses deputados deveriam viver de salário mínimo q não dá condições de se ter um carro. Morando em grandes cidades, andando de ônibus q nem lata de sardinha. Daí aparece um serviço com preço mais acessível em um maldito desses e bloqueia. Queria ver se fosse ele o usuário. Vivendo na mordomia de motoristas e combustível gratuito, eles não sentem oq o povo sente.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s