Após escândalo envolvendo Zé Mayer, funcionárias do Projac se unem em apoio a figurinista

Na semana passada, a figurinista Su Tonani, funcionária da Rede Globo, se queixou publicamente do ator José Mayer, alegando que o mesmo a assediou moral e sexualmente. Embora o relato da figurinista seja consistente, até o momento não há evidências ou testemunhas que o sustentem.

Seja como for, parece que o tempo vai fechar para o lado do ator. A emissora não chegou a se manifestar publicamente, mas Mayer já foi afastado, ao menos temporariamente, e segundo alguns jornais não participará da próxima novela. Além disso, um grupo de funcionárias do Projac, incluindo a atriz Letícia Sabatella, resolveu se reunir em apoio a Tonani, para não deixar o caso cair no esquecimento.

A acusação feita pela figurinista é gravíssima, e se vier a ser comprovada pode significar o fim da carreira do ator e até mesmo uma eventual prisão. Por outro lado, se a acusação for falsa, pode significar o fim da carreira dela… Acompanhemos os próximos capítulos.

Com informações da coluna Radar On-Line, da Veja.

Anúncios

2 comentários sobre “Após escândalo envolvendo Zé Mayer, funcionárias do Projac se unem em apoio a figurinista

  1. “A acusação feita pela figurinista é gravíssima, e se vier a ser comprovada pode significar o fim da carreira do ator e até mesmo uma eventual prisão. Por outro lado, se a acusação for falsa, pode significar o fim da carreira dela… Acompanhemos os próximos capítulos.”

    Resumindo não vai dar em nada…

Deixe uma resposta