Vereador petista quer avenida com nome de Marisa Letícia? Que tal uma Marginal?

por Roger Scar

Logo depois que Marisa Letícia morreu, em fevereiro, o vereador Paulo Reis (PT) apresentou na Câmara de São Paulo o esdrúxulo projeto que visa dar o nome da ex-primeira dama a uma avenida na capital. A ideia, é claro, trata-se de uma homenagem. Mas, homenagem pelo quê?

Agora que já passou algum tempo de sua morte, e também porque esta notícia foi requentada por alguns sites, dá para falar de forma mais clara sobre o assunto. Não é porque morreu que virou santa. Respeitei o luto, diferente do marido dela, que fez comício no mesmo dia e local do velório para atacar adversários.

Marisa sempre foi uma personagem distante dos holofotes, ao menos até os últimos anos. Nunca foi protagonista. Ela ocupou sua vida basicamente em servir ao PT e em ser cúmplice de Lula. Nada contra, exceto pelo fato de o PT ser uma quadrilha de criminosos da qual Lula é justamente o chefe.

Sendo que nunca ocupou função principal e decisória, seja no partido ou no governo de Lula, Marisa não mereceria sequer a homenagem dos próprios petistas, tampouco sua admiração, a não ser que o objetivo seja apenas agradar Lula. Se, por outro lado, levarmos em conta aquilo que é justo, a ex-primeira dama até pode ter algum reconhecimento, mas não em uma avenida, talvez em uma marginal.

Que tal a Marginal Marisa Letícia?

Advertisements
Anúncios

15 comentários sobre “Vereador petista quer avenida com nome de Marisa Letícia? Que tal uma Marginal?

  1. Seria um endereço no minino muito freguentado: ficaria melhor assim

    Nova sede do “PT”
    Endereço: Marginal Marisa Leticia, paralela com Av, dos estelionatários.

  2. O pior é este Vereador acredito que não tem o que fazer para sugerir esta palhaçada ele não caiu de paraquedas na Câmara de Vereadores alguém o colocou lá para legislar pobre povo que votou neste incompetente por isto que este País está nesta M.

  3. Gentinha esse “jornalzinho” de quinta. Ainda mais quem escreve. Gente sádica, que se refestela em chafurdar na ofensa contra os outros. São tão baixos e desprezíveis que só encontram prazer na diminuição de outras pessoas.

    1. Não estão falando novidade nenhuma. Essa mulher foi ladra, junto com o marido e os filhos.
      Lula e Marisa deram péssimos exemplos, taí no q deu, a família toda de bandidos.

      1. MORREU NUM BOM HOSPITAL QUENTINHA, ENQUANTO NO SUS MORRE-SE NO CORREDOR DE HOSPITAIS.QUAL A CONTRIBUIÇÃO DESSA SENHORA PARA COM A NAÇÃO ? CONTRIBUI E MUITO, SENDO CÚMPLICE DO MAIOR BANDIDO QUE ESTE PAÍS JÁ TEVE. VEREADOR SE FALTA IDÉIAS NA SUA CABEÇA PARA CONTRIBUIR COM AS NECESSIDADES DA CIDADE,FIQUE QUIETO NÃO PROPONHA A APROVAÇÃO DE INDECÊNCIA.

    2. Aos mais afoitos e com ódio no coração, não se esqueçam de “Quem semeia vento, colhe tempestade…” A lei do retorno existe para corrigir a maldade humana. Pensem nisto!

  4. o que esta cadela vagabunda e sem vergonha fez de bom para o Brasil? apenas roubar, ela e seu comparsa, o retirante de 9 dedos filho de puta. quando a esta vagabunda, já teve seu merecido castigo, esta sendo comida pelos vermes, em breve será a vez do cachaceiro, quanto a este vereadorzinho de merda, sem comentários.

    1. Márcio: de Messias não tens nada. É triste ver a mais abjeta e repugnante vulgaridade em relação às pessoas mortas. Tuas palavras tiram toda a verdade do teu discurso. A Marisa é todo o que se está falando. Mas para que perder o respeito? Isso também é parte do lixo mental brasileiro. Respeita teu sobrenome.

  5. Absurdo.
    Essa mulher não é nada aqui em São Paulo, além de uma pesdoa sem educação, que usou de palavreado de baixo calão paea se diridie aos paulistanos e esposa de um pilantra salafrario.

  6. Nada fez por São Paulo, se fosse em São Bernardo do Campo, dava para entender, mas nem lá querem por seu nome para alguma viela ou beco.

Deixe uma resposta