Menino de 6 anos oferece seu cofrinho aos bandidos para que poupassem seu pai mas não foi suficiente

Precisamos acabar com essa piada de mal-gosto que a esquerda vem tentando nos vender, na qual os criminosos são vítimas da sociedade. A única vítima aqui é a própria sociedade!

Na última semana, três criminosos invadiram um sítio em Juquitiba, na grande São Paulo, e mataram o marceneiro José Eleandro, de 37 anos, na frente do filho e da esposa. Para tornar a cena ainda mais dramática, o filho de Eleandro, de 6 anos, ofereceu um cofrinho de moedas aos bandidos para que estes não matassem seu pai.

O marceneiro tentou se defender sem sucesso e foi atingido por um tiro no peito. Um dos suspeitos do crime foi preso no último domingo (26/03). Os outros continuam foragidos. Em breve, a esquerda deve enviar alguém dos Direitos Humanos para proteger a “vítima” (infelizmente, não estamos falando do garotinho de 6 anos nem de sua mãe…).

Anúncios

5 comentários sobre “Menino de 6 anos oferece seu cofrinho aos bandidos para que poupassem seu pai mas não foi suficiente

Deixe uma resposta