“Ciro devia se preocupar com sua saúde mental”, diz Doria

Em sua passagem pelo Teatro Municipal paulistano na noite desta segunda, onde lançou o programa Nossa Creche, o prefeito de São Paulo, João Doria, criticou o falastrão Ciro Gomes, do PDT, e rebateu algumas insinuações feitas por ele.

Segundo Doria, Ciro devia “se preocupar é com o estado dele, primeiro o pessoal, de saúde mental, depois o Ceará, que é o Estado que ele representa”.

O prefeito também rebateu as acusações de machismo feitas por Ciro. “O ex-governador não é a pessoa mais indicada para falar das questões das mulheres, né? Ele tratou a esposa como tratou, não é exatamente uma autoridade pra falar sobre isso”, disse Doria, se referindo à declaração feita por Ciro em 2002, quando este disse que o papel da atriz Patrícia Pillar, sua esposa na época, se resumia a dormir com ele.

“Lamento também que o ex-ministro Ciro Gomes, com seu habitual destempero e seu tradicional desequilíbrio, queira fazer colocações desse tipo”, concluiu Doria.

Anúncios

Deixe uma resposta