Intimidade: Odebrecht deu apelidos aos partidos que foram comprados a pedido de Dilma

Ontem (23/03), o ministro Herman Benjamin esteve bastante ocupado. Em depoimento de Alexandrino Alencar, da Odebrecht ele contou ao ministro que os partidos que a Odebrecht comprou a pedido de Dilma ganharam apelidos no Departamento de Operações Estruturadas: PCdoB era ‘vermelho’, PRB era ‘doutor’ e PROS chama ‘onça’.

 

Com ajuda do Antagonista.

Anúncios

Um comentário sobre “Intimidade: Odebrecht deu apelidos aos partidos que foram comprados a pedido de Dilma

  1. Corrupção sempre existiu no Brasil; em qualquer governo, em qualquer tempo; aqui ou em outro país ha séculos ou milênios! Então, isso não é novidade! Novidade é o patrocínio- quase explicito e exclusivo- de um governo à corrupção, dentro de um regime democrático e de eleições livres. A desfaçatez do PT e dos outros partidos de esquerda em promover um clima de liberdade para todo e qualquer ato de corrupção, baseado na afirmação ambígua de Lula de que havia no Congresso mais de 300 picaretas, criou toda atual vivencia política do nosso país, com a economia arrasada e uma estranha indefinição quanto ao julgamento dos envolvidos em crimes eleitorais e civis. Todas as onças, italianos, vermelhos, cajús devem pagar em dobro pelos crimes cometidos contra a nação!

Deixe uma resposta