Por conta de irregularidades na reforma, MP pede reembolso de quase R$ 200 milhões do Maracanã

O Ministério Público do Rio de Janeiro entrou com uma ação pedindo que o estado seja ressarcido em 198 milhões pelo Maracanã por conta das irregularidades encontradas na reforma do local, e isso pode resultar na anulação da privatização do estádio. Informações do Radar On-Line.

A ação, que já foi aceita pelo juiz Marcello Leite, pede a incriminação das empreiteiras Odebrecht, Delta e Andrade Gutierrez, e também do ex-secretário de Obras Hudson Braga e mais oito funcionários da Empresa de Obras Públicas do Estado do Rio (Emop).

Anúncios

Deixe uma resposta