Carrefour e Grupo Pão de Açucar tomam medidas para boicotar os frigoríficos envolvidos na Carne Fraca

Finalmente, o varejo brasileiro começar a agir sobre os eventos desencadeados pela operação Carne Fraca. O Carrefour retirou de forma preventiva das suas lojas todos os produtos vindos dos frigoríficos citados nas denúncias da operação envolvendo os maiores frigoríficos do Brasil.

O Grupo Pão de Açúcar (GPA) seguiu o exemplo e bloqueou a compra de três fábricas interditadas por autoridades na última sexta-feira.

Segundo matéria publicada na Época Negócios, o Carrefour, segunda maior rede de varejo do Brasil, ressaltou que conta com rígidos controles de segurança alimentar, conforme as normas regulatórias em vigor, além de realizar inspeção em 100% dos perecíveis que recebe em seus centros de distribuição.

Em paralelo, o GPA, líder do setor, já tomou medidas para barrar compras de produtos vindos da fábrica da BRF em Mineiros (GO) e de duas fábricas da Peccin Agro Industrial (Curitiba e Jaraguá do Sul-SC), que foram interditadas pelo Ministério da Agricultura na semana passada.

Anúncios

Deixe uma resposta