Gestão Doria quer ajudar moradores de rua a trabalharem. Uma das funções é a de sorveteiro de parque.

Doria tem olhado com notória preocupação para os moradores de rua. Além da recente confirmação de sua iniciativa para ajudar animais abandonados (que você pode relembrar neste link), ele informa que a ideia de contratar moradores de rua como vendedores de sorvete vai realmente acontecer.

Segundo publicado pelo site da Jovem Pan,o projeto está sendo desenvolvido em parceria com a Unilever, dona da marca Kibon, e prevê que os futuros selecionados pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social atuem nos parques públicos de São Paulo como autônomos.

A responsável pela pasta, Soninha Francine, diz que as vagas serão oferecidas aos poucos, no decorrer dos próximos quatro anos. Os aprovados na seleção serão capacitados e devidamente treinados para que se tornem microempreendedores individuais (MEIs).

O projeto faz parte do programa Trabalho Novo, divulgado pelo prefeito em janeiro com o objetivo de empregar 20 mil pessoas que vivem nas ruas da cidade.

 

 

Anúncios

Deixe uma resposta