Dilma disse que quem roubava era o Michel Temer e que ela tentou impedir. Vamos fingir acreditar nisso?

Em entrevista ao Valor Econômico, Dilma Rousseff contou tantas lorotas que quase não couberam no jornal. Ela disse que Michel Temer sabia de todos os esquemas de Cunha, como se ela própria não tivesse sido aliada do ex-deputado e como se o PT não circulasse livremente com a cúpula do PMDB.

Veja o trecho abaixo:

“Moreira Franco tem uma bronca danada de mim porque eu não o deixei roubar, querida. É literal isso: eu não deixei o gato angorá roubar na Secretaria de Aviação Civil. Chamei o Temer e disse: ‘Ele não fica. Não fica’. Posso contar mil coisas do Padilha e do Temer, então?”

Primeiramente, supondo que seja verdade, Dilma já teria incorrido em crime de prevaricação. Ela, na condição de presidente da República, se soubesse que alguém pretendia roubar em uma secretaria deveria obrigatoriamente comunicar as autoridades responsáveis. O problema é que essa é uma mentira óbvia, Dilma está tentando mesmo vender a lorota de “mulher honesta”, ainda, como se alguém realmente levasse isso a sério.

É uma afronta que ainda não esteja presa.

Advertisements
Anúncios

3 comentários sobre “Dilma disse que quem roubava era o Michel Temer e que ela tentou impedir. Vamos fingir acreditar nisso?

  1. É vergonha para a Nação e mais ainda para nós Brasileiros por deixarmos uma RATAZANA dessa espécie chegar a Presidência da República, e o que é ainda pior, junto com RATÃO DE BARBA.

Deixe uma resposta