PDT, de Ciro Gomes, quer emenda para livrar políticos da reforma da previdência

O deputado, Renato Carlos Eduardo Cadoca, do PDT, partido do falastrão Ciro Gomes, quer uma emenda no texto da reforma da previdência que blinda os políticos dos seus efeitos, tanto para aposentadorias como para o recebimento de pensões por morte. Informações do Época.

“Não estou criando privilégios, nem direitos novos. Apenas preencho uma lacuna na proposta do governo para resguardar direitos adquiridos de deputados e senadores, sem  que seja necessária a criação de uma lei ordinária”,  tenta justificar Cadoca.

Os parlamentares brasileiros atualmente podem optar pelo regime geral da Previdência ou por um regime próprio, chamado Plano de Seguridade dos Congressistas e em ambos eles devem ter 60 anos de idade e 35 de contribuição para receber o valor de R$ 33.700. A emenda  sugerida por Cadoca prevê a manutenção das regras atuais para os parlamentares.

A extrema-esquerda, como sempre, buscando manter os privilégios.

 

Anúncios

2 comentários sobre “PDT, de Ciro Gomes, quer emenda para livrar políticos da reforma da previdência

Deixe uma resposta