MBL não apoia a reforma de Temer, e sim a reforma proposta pela FIPE

A CUT, a UNE, o MST e outros movimentos ligados aos partidos da extrema-esquerda têm atacado duramente o Movimento Brasil Livre com falsas acusações. Essa semana, atacaram Fernando Holiday com uma mentira, inventando uma história sobre suposta compra de correligionários durante campanha. Hoje, hastearam uma imensa faixa em São Paulo acusando o movimento de apoiar, junto à Rede Globo (?) a Reforma da Previdência proposta por Michel Temer.

Duas coisas devem ficar claras:

1) A reforma não é proposta de Temer, assim como a PEC 241 e a MP 746. Elas são propostas que já existiam e que eram apoiadas pelo governo Dilma. A ex-presidente não conseguiu emplacá-las por ser simplesmente incompetente em suas atribuições políticas, mas há evidências aos montes de que estas propostas partiram dela e não do atual presidente.

2) O MBL nunca apoiou a Reforma da Previdência nos moldes propostos pelo governo, e sim a proposta desenvolvida pelo FIPE, que é bem mais inclusiva, abrangente e correta.

No vídeo logo abaixo, aliás, é possível observar este fato. Kim Kataguiri discorre sobre o assunto e critica a proposta do governo, mostrando a alternativa proposta pela FIPE e que é apoiada pelo MBL. Confira:

Anúncios

Um comentário sobre “MBL não apoia a reforma de Temer, e sim a reforma proposta pela FIPE

  1. Pelo que estou percebendo hoje nos meios de comunicações, não são uma manifestações da população contra reformas da Previdências e sim das militancias dos ptralhas e comunistas.
    Somente não entendo porque não fazem estas manifestações no domingo.

Deixe uma resposta