João Doria diz que candidatura à presidência em 2018 é improvável, mas possível

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que a determinação de não se candidatar em 2018 não é “irreversível”. Questionado sobre a possibilidade de disputar o Planalto, ele reafirmou que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) é o favorito à disputa, mas não descartou concorrer caso haja desgaste dos nomes tucanos mais cotados para a eleição. O mesmo ele disse em relação a uma candidatura ao governo paulista.

As declarações foram dadas em entrevista ao jornal SBT Brasil, do SBT, veiculado na noite desta segunda-feira, 13. Na semana passada, o prefeito negou a intenção de disputar a Presidência e declarou adesão ao nome de Alckmin, que, por sua vez, admitiu publicamente a intenção de concorrer ao Planalto no próximo ano.

A informação é do Estadão.

Advertisements
Anúncios

4 comentários sobre “João Doria diz que candidatura à presidência em 2018 é improvável, mas possível

  1. É isso aí João Doria, isso tudo serve para tapar a boca desses petralias comunistas, enfiando o capitalismo na garganta deles!

    Ninguém fez tanto por São Paulo como ele fez, em tão pouco tempo e gastando muito, muito menos do que todos os outros que não fizeram nada.

Deixe uma resposta