Holiday vai entrar no MPE para destrinchar acusações e já anuncia dois processos judiciais contra indústria de “fake news”

Ontem, o JornaLivre divulgou com exclusividade que a indústria de “fake news” – em especial o BuzzFeed e o Catraca Livre – havia publicado uma falsa informação: a de que o vereador Fernando Holiday havia utilizado caixa 2 na campanha.

O detalhe é que a lei 9504/97 (no artigo 27) diz algo totalmente diferente da alegação feita pelos dois sites de extrema-esquerda: “Art. 27. Qualquer eleitor poderá realizar gastos, em apoio a candidato de sua preferência, até a quantia equivalente a um mil UFIR, não sujeitos a contabilização, desde que não reembolsados.”

Uma vez que as doações em questão se encaixam na legislação acima e que as contas de Holiday foram aprovadas, os textos do Buzzfeed e do Catraca Livre se configuram como calúnia e difamação.

Nesta terça (14), a assessoria do vereador confirmou que Fernando Holiday entrará com uma ação no Ministério Público já nesta quarta (15) para investigar a própria campanha.

Holiday afirma:”Após inúmeros ataques mentirosos vindos de uma parte suja da imprensa, amanhã de manhã vou, eu mesmo, requerer ao MPE (Ministério Público Eleitoral) que investigue TODAS as minhas contas de campanha. Pedirei ao órgão que faça uma devassa em tudo que foi recebido e pago, para que não reste dúvidas da lisura e transparência de meus atos. Em conjunto, processarei a todos que espalharam essa mentira.”

O BuzzFeed deve ser processado por calúnia e difamação. Outro processo anunciado é contra o jornalista Fabio Pannunzio, que deu sequências às acusações do BuzzFeed.

Anúncios

3 comentários sobre “Holiday vai entrar no MPE para destrinchar acusações e já anuncia dois processos judiciais contra indústria de “fake news”

  1. Tem que ver também o blog tijolaço (www.tijolaco.com.br) do jornalista Fernando Brito, ele também reproduziu a mesma matéria . Vamos processar todos esses esquerdista para que eles aprendam a não reproduzir notícias falsas.

Deixe uma resposta