Sindicatos temem perder a boquinha com o fim do imposto sindical

Sindicatos estão com medo de perder a boquinha com a recente decisão do STF, que declara ilegal a cobrança da chamada contribuição assistencial

A contribuição assistencial é um imposto descontado mensalmente na folha dos trabalhadores, sejam eles sindicalizados ou não. O entendimento é que a imposição de pagamento aos não associados a sindicatos, fere o princípio da liberdade de associação, o que faz total sentido.

Alguns líderes sindicais já se posicionaram contra.”Tomar uma decisão dessa importância de uma hora para outra, sem um preparo do meio sindical, ainda mais num momento de crise, é muito inoportuno”, reclama Ricardo Patah, presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT).

Inoportuno para os líderes sindicais que temem perder sua boquinha, no caso. Mas para os trabalhadores a mudança certamente é muito bem vinda.

 

Anúncios

15 comentários sobre “Sindicatos temem perder a boquinha com o fim do imposto sindical

  1. Tem que acabar com isso mesmo, eu acho uma coisa nojenta ter que pagar para aqueles caras ficarem sentados numa mesa, com computador ligado na internet dia inteiro e só quando alguém ganha os trinta dias ou pede demissão os “profissionais” do sindicato fazem alguma coisa.

  2. Como tudo, que tem envolvimento de forma politica neste pais, acaba lesando o trabalhador, ou seja sacrifica os povo para beneficiar meia duzia, em uma feliz e tranquila vida regada a dinheiro suado….parece um partido que conheço….só é deles quem tem um boquinha gorda e fácil para lucrar.

  3. Tem que acabar mesmo com essa roubalheira de imposto. Enquanto trabalhamos para pagar esse imposto absurdo, esses sindicalistas vagabundos tipo seu Lula só vivendo as custas dos trabalhadores.

  4. Há um equívoco na matéria. O imposto sindical é cobrado anualmente de todos os trabalhadores, sindicalizados ou não, a taxa sindical ou negocial é cobrada mensalmente e gira em torno de 1% a 2% do salário bruto do tralhador, que pode optar pela sua não sindicalização e a isenção dessa taxa mensal. Como eu fiz. Mas, esse tal imposto sindical é uma arbitrariedade E TEM QUE ACABAR MESMO. FICO PUTO QUANDO TENHO ESSE VALOR(REFERENTE 1 DIA DE TRABALHO) descontado todo mês de abril da minha folha. Se a sua carteira foi assinada depois de abril, eles cobram do seu primeiro mês de salário.

  5. O pior é que todos pagam, porém no dia do trabalho eles sorteiam carros e brindes só em SP.
    Sabe -se lá a que custo são comprados os prêmios e quem embolsa a diferença.

  6. Até que enfim tomaram uma decisão a favor do trabalhador chega de imposto sindical para financiar os corruptos da CUT enquanto nos o povo enfrentamos ônibus lotado os Presidentes de Sindicato de carrões com notório tá quero meu dinheiro de volta

Deixe uma resposta