Fake News: Dois sites de extrema-esquerda inventam notícia de que Fernando Holiday recebeu caixa 2

Em fase de desespero, dois sites de extrema-esquerda especializados em emitir “fake news” lançaram uma falsa acusação sobre Fernando Holiday, vereador eleito pelo DEM.

A mentira começou com o site BuzzFeed:

Em seguida, outro site especializado em “fake news”, o Catraca Livre, reproduziu praticamente a mesma notícia (sem nem mesmo se dar ao trabalho de trocar a foto):

A alegação dos dois sites é a seguinte: a de que a campanha de Fernando Holiday teria tido uso de caixa 2 para pagar algumas atividades de campanha.

Porém,  a lei 9504/97 (no artigo 27) diz algo totalmente diferente da alegação feita pelos dois sites de extrema-esquerda: “Art. 27. Qualquer eleitor poderá realizar gastos, em apoio a candidato de sua preferência, até a quantia equivalente a um mil UFIR, não sujeitos a contabilização, desde que não reembolsados.”

Uma vez que as doações em questão se encaixam na legislação acima e que as contas de Holiday foram aprovadas, os textos do Buzzfeed e do Catraca Livre se configuram como calúnia e difamação.

Anúncios

15 comentários sobre “Fake News: Dois sites de extrema-esquerda inventam notícia de que Fernando Holiday recebeu caixa 2

  1. Fernando H., um costumaz disseminador de mentiras (que o diga Gilberto Dimenstein), perturbado com uma suposta mentira de um blog de Extrema(?) esquerda. Só rindo.

    1. Então por que não aponta s mentiras e refuta elas. Tentando fugir do rótulo extrema? Vocês querem censura e totalitarismo seus canalhas desumanos e fascistas

  2. O artigo 27 não se aplica ao caso, uma vez que qualquer cordenação entre o eleitor e a campanha do candidato configura doação a campanha, devendo sim estar presente na prestação de contas. Uma vez que a tal de Tatiana faz parte da campanha do candidato, o artigo 27 não se aplica.

  3. Acho interessante que esse site inteiro não tem um só nome dos responsáveis pelo próprio. A página de contatos só diz “em breve” e nenhuma matéria é assinada por ninguém. Fica difícil acreditar que existe um pingo de verdade nesse site inteiro

  4. Desde que a entrada e saida destes valores estejam (tanto entrada, quanto saida) estejam contabilizadas no imposto de renda dos mesmos.

    E não são sites de extrema – esquerda nem aqui nem na China.

    PS: A matéria está assinada por um jornalista, ao contrário destas que ainda o domínio é .com que se faz mais difícil de achar o responsável por está matéria aqui
    .

  5. JORNALIVRE reclamando de site que publica fake news ? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk sinal que o fim dos tempos está próximo ………………… hahahahah

  6. Calúnia É calúnia, se de Fake News ou não, pior
    ainda pois tem gente que tem o prazer de manchar a imagem das pessoas. E muitas, na verdade inúmeras pessoas se deixam levar sim por esse tipo de coisa. Cabe a nós nos revertir de maiores informações.

Deixe uma resposta