Marginal Tietê registra primeiro acidente fatal em 45 dias e a Folha já estava lá para noticiar

por Baltazar Soares

Na noite de ontem, sexta, a Marginal Tietê registrou o primeiro acidente fatal desde que a prefeitura restaurou a velocidade normal das vias expressas. No mesmo período, a Marginal Pinheiros também registrou apenas uma morte por acidente de trânsito. Isso não é surpresa, pois acidentes realmente acontecem. As causas, geralmente, são imprudência de algum dos envolvidos, negligência ou más condições do clima e da pista, mas infelizmente eles acontecem.

Apesar de ser uma tragédia, o fato é que os números estão menores. Em 2015, quando Haddad estipulou a redução da velocidade nas marginais, foram registrados 46 óbitos nas duas vias. Se compararmos este número com as duas mortes ocorridas desde que João Doria restabeleceu a velocidade normal, parece que a redução no total de mortes foi de quase 4 por mês para menos de uma.

Mesmo assim, a Folha de São Paulo estava lá para noticiar como se acidentes de trânsito fossem sua prioridade. Aliás, têm sido mesmo a prioridade do panfleto esquerdista desde o início do ano, quando o jornal passou a divulgar qualquer acidente de trânsito na região, sempre colocando como “após o aumento de velocidade”, como se as coisas tivessem relação. Em janeiro os abutres da Folha foram tão esforçados nesse sentido que colocaram na conta da velocidade da via expressa um acidente cujo motorista estava embriagado e dirigindo a mais de 100 quilômetros por hora, o que mesmo pela lei atual já seria ilegal.

Verdade seja dita, a Folha entrou de cabeça no papel de panfleto petista. O jornal é, agora, tão confiável quanto o Brasil 247 ou o Diário do Centro do Mundo.

Advertisements
Anúncios

3 comentários sobre “Marginal Tietê registra primeiro acidente fatal em 45 dias e a Folha já estava lá para noticiar

  1. Depois da administração petista que fez de tudo para piorar o fluxo de trânsito com a redução de velocidade e as inúmeras ciclovias, agora vem esses esquerdopatas querer nos obrigar a continuar a sofrer com os congestionamentos?

  2. Quando não se tem o que dizer, inventam uma mentira e atiram em todas as direções. Esses esquerdistas magoados, não suportam admitir, mesmo à vista dos fatos, os acertos alheios. São Paulo só ganhou com a eleição do João Dória e os petistas renitentes não suportam as evidências de melhoria da sua gestão em relação ao Haddad.

Deixe uma resposta